Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Malabarista

Karaté Kid em potência

O meu miúdo sofre de um saudável excesso de energia. Acrescentem a isto a testosterona em potência, um uso exacerbado de onomatopeias e admiração pelas Tartarugas Ninja e têm uma ideia aproximada do que me saíu na rifa.

 

Vai daí na escolha de actividades para este ano o Karaté foi assim uma opção condicionada.  A outra escolha recaíu na Natação, quer pelo lado saudável, quer pelo desenvolvimento que já testemunhámos na irmã, quer porque o gajo é meio maricas com a água. Aqui nem teve opção.

 

Mas voltando ao Karaté, quando conversámos depois da primeira aula estas foram as impressões dele:

"- O chefe é careca e ensinou-nos a fazer posição de super-herói." - ok, temos de trabalhar na parte do chefe e na descrição, mas careca até combina com o meu imaginário, e de facto marcou-o porque não está habituado a carecas.

"- O chefe fez-nos sentar em silêncio e meditar, e dar pulos e pontapés" - bingo! cá está a parte das artes marciais que achei por bem introduzir na vida do miúdo. Não é fácil ser rapaz, pode ir aprendendo já estas coisas da concentração que tenho a certeza que vai ser muuuuito útil lá mais para a frente.

 

5a feira há mais, mas começamos bem.

MrM.jpg