Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Malabarista

Surpresas boas

A Malabarista é assim... meio (ou melhor, quase totalmente) incógnita para as pessoas à minha volta. É a minha Woman Cave virtual, chamemos-lhe assim. Venho cá quando quero, escrevo o que quero, e não há cá complicações. É essencialmente de mim para mim. Por isso quando alguém desse lado comenta, me segue, ou interage de alguma forma é sempre uma surpresa boa. Mesmo boa a valer. 

 

Hoje tinha o desafio da Mochila Vermelha nos meus alertas. Obrigada, e cá vai disto:

 

1. Café ou Chocolate - Como preferes o café ou o chocolate no Outono, e que marca bebes com mais frequência?

Café. Sempre. Nespresso, por todos os motivos possíveis. Também sou consumidora compulsiva de chás YogiTea.

 

2. Acessórios de Outono - o que optas mais por usar (gorros, cachecóis, luvas, etc.)?

Assim que arrefece visto um casaco tipo-edredon que só tiro lá para a primavera, com sorte. Não gosto de luvas, só estorvam, cachecóis, chamaria-lhes antes mantas, e gorros são obrigatórios na saída do ginásio.

 

3. Música - Que tipo de música ouves durante o Outono?

Outubro é um clássico o October Rust dos Type 0 Negative que dá o mote à estação. O resto é o que ouço o ano todo. 

 

4. Perfume - que tipo de perfume usas nesta estação do ano?

Quentes - vale tudo para aquecer.

 

5.  Velas - que cheiro gostas mais durante esta altura do ano?

Maçã-canela, especiarias, essas coisas.

 

6. O que gostas mais do Outono?

As cores, os cheiros, as castanhas, as romãs, as lareiras e... mais nada.  

 

7. A maquilhagem preferida para o Outono.

Cara lavada e hidratada. Se tiver de encontrar outros humanos lá meto uma base, dou-lhe com o Terracota da Guerlain (que faz um morto parecer cheio de saúde), armo a sobrancelha e está feito.

 

8. O que esperas fazer mais neste Outono?

Hibernar. A sério. Por mim podiam acordar-me lá para Março/ Abril que estes meses que se avizinham são os que mais me custam a passar. Não havendo essa hipótese espero meter os kilos de matéria atrasada em dia, que nenhum puto adoeça (incluíndo o adulto cá de casa) e fazer muito ginásio.